MUNDO - ÁFRICA OCIDENTAL


Sahara a Norte. Savanas no Centro e densas florestas tropicais (húmidas) no Litoral. Planicies e elevações ocasionais. A bacia do Níger é a maior de África Ocidental.

- Outras informações sobre a ÁFRICA

Escolha um destino...

Benim
Chamava-se Daomé. Agricultura de subsistencia. Exportação de óleo de palma e cacau (cultivados no Sul). O Sul é humido e de alta densidade populacional. Porto de Cotonou é muito movimentado e é também um grande centro industrial. Savana no Norte. Reservas de vida selvagem. Litoral arenoso. Boas perspectivas para o turismo. Independente da França desde 1960. Governo estável desde 1972.
Burkina Faso
Antigo império Mossi que tinha capital em Ouagadougon. Dominio da França entre 1895 e 1960. Chamava-se Alto Volta. Está na orla do Sahara. Pouca chuva e irregular. Temperaturas elevadas. Alguma agricultura e forragem para o gado. Grandes secas. Governos instáveis. Problemas étnicos. Há projectos para aproveitar as águas do rio Volta para a agricultura.
Cabo Verde
10 ilhas e 5 ilhéus. Origem vulcânica. Independência de Portugal em 1975. Domínio que durou 500 anos. A maioria das ilhas tem forte relevo. O ponto mais alto é a 2.829 metros. Fortes secas. Pesca e agricultura. Praias boas para o desenvolvimento turistico.
Costa do Marfim
Comercio de marfim e escravos com os Europeus (Séc.XV-XIX). Domínio da França (Séc.XIX), altura de prosperidade para o Sul (comercio de borracha e cacau). Clima seco no Norte. Independência em 1960. Boa rede electrica, estradas e caminho de ferro (desde Abidjan - único acesso ao mar para o Burkina Faso). Forte turismo (praias) em torno de Abidjan. A maioria da população subsiste da agricultura. Dificuldades recentes no Norte, causadas pelas secas. Muitas tribos. Muitos colonos. Profunda infuência da França.
Gâmbia
Rio Gâmbia, artéria comercial com o Senegal. Pesca, cultivo de amendoins, turismo e agricultura de subsistência. Domínio Britânico (1664-1965) com forte influência no país.
Gana
Forte comercio de ouro e escravos (Séc.XV-XIX) com a Europa. Dominio Britânico em 1874. Independente em 1957 (primeiro país Africano a ganhar a independencia dos Britânicos). Muitas tribos (Iorubas, Fulas, etc.). Era um país relativamente rico, graças ao cacau, óleo de palma, borracha e ouro (Sul). Agricultura de subsistencia e pecuárias no Norte e Centro (pouca chuva e solos menos férteis). Energia hidroeléctrica no Rio Volta desde os anos 60. Má politica económica não aproveita as riquezas do país.
Guiné
Corte das relações políticas com França em 1958, que resultou em forte recessão. Exploração de diamantes, bauxite e minério de ferro. Terra fértil e àgua abundante.
Guiné-Bissau
Independente de Portugal desde 1974. Uma decada de instabilidade política. País pobre. Recursos florestais e pesca, pouco explorados. Adopção do Franco CFA como moeda em 1997, altura em que receberam importantes ajudas financeiras da França.
Libéria
Fundada no início do Séc.XIX por escravos libertos que regressaram da América do Norte. Independente desde 1847. Plantações de borracha, frota pesqueira (estrangeiros sob bandeira Libéria) e recursos de madeira e minerais. País pobre. Guerra civil desde 1980.
Mali
Independente desde 1960. Árido. Seca desde os anos 70. Lendária Tumbuktou, na margem do Níger, importante no Séc.XI para o comercio das caravanas. Pecuária e agricultura pobre.
Mauritânia
Deserto em quase todo o território. Recursos minerais no Norte. Agricultura no Sul. Independente desde 1960. Alguns problemas políticos atrasam o desenvolvimento.
Níger
País desertico. No Sul há por vezes chuva suficiente para alguma agricultura. Terras férteis que o Rio Níger alaga e as margens do lago Chade são aproveitadas para a agricultura. Gado. Secas no Sahel, desde 1973, são um problema a que a ajuda humanitária deu atenção. Exploração de urânio nas montanhas de Air, desde os anos 80. Niamey é uma cidade moderna. Independente desde 1960. Futuro difícil.
Senegal
País mais ocidental de África. Secas enormes nas últimas decadas. Maior densidade populacional no Oeste, mais humido e onde a agricultura é possível. Há também produção de amendoim. Bom porto em Dacar e ligação de comboio ao Mali. Esta é uma cidade moderna, forte no turismo e industria. Independente desde 1960. Governo estável. Forte influencia Francêsa. Bom sistema educativo. Maioria da população é pobre. Conflitos étnicos reacenderam em 1997.
Serra Leoa
Freetown foi fundada em 1787 para refugiar escravos africanos libertados. Controlo Britânico no Séc.XIX. Independente em 1961. Recursos minerais (diamantes, minério de ferro e bauxite) pouco explorados. Agricultura de subsistencia. Arroz na planicie litoral. País muito pobre. Conflitos na Libéria passam as fronteiras para a Serra Leoa.
Togo
Agricultura de subsistência. Pequenas exportações de cacau e amendoim. Fosfatos. Lomé é o centro moderno do desenvolvimento. Independente desde 1960. Dois grandes grupos tribais.